14 de ago de 2008

Quem são As-Salaf As-Sālih


Assalamo Alaykum

As-Salaf As-Sālih: Os Virtuosos Predecessores. Literalmente, Salaf significa “aqueles que precederam, que vieram antes”. Os Salaf As-Sālih são as pessoas do passado; no sentido específico, as três primeiras gerações de muçulmanos piedosos, que viveram durante e após a revelação do Qu’rān, i.e., os Sahābah (companheiros) do Profeta, os tābi‘ūn (seguidores dos Sahābah) e os atbā‘ at-tābi‘īn (seguidores dos seguidores dos Sahābah –); no sentido geral a definição inclui todos aqueles que os seguiram em seu entendimento e prática do Islām.


Disse o Profeta Muhammad: “Os melhores dentre vós são a minha geração, então aqueles que vêm depois deles e então aqueles que vêm depois deles. Então virá depois deles um povo que trairá e não será digno de confiança, testemunharão embora isto não lhes tenha sido pedido, farão votos mas não os cumprirão, e a obesidade aparecerá entre eles." [Sahīh Al-Bukhāri].


Imām Abū Hanīfah disse: “Apegai-vos ao athar (narração) e à tarīqah (caminho) dos Salaf e precavei-vos contra as coisas inventadas, pois todas elas são inovações." [Relatado por As-Suyūti em Sawn Al-Mantaq Wal-Kalām, p. 32].


Aderindo ao caminho dos Salaf e às suas crenças, compreendendo e praticando o Dīn como eles o fizeram, adorando Allāh em Sua Unicidade, de acordo com a Sunnah Autêntica do Mensageiro, como o fizeram os Sahābah, é garantido ao crente o sucesso nesta vida e na próxima.



Quando foi perguntado por seus companheiros sobre aqueles que seriam salvos do Fogo, o Mensageiro respondeu: “São aqueles que estão sobre aquilo que eu e meus companheiros estamos.” [Hadīth hasan, relatado por At-Tirmidhi de ‘Amr Ibn Al-‘Ās].


Shaykh Al-Islām Ibn Taymiyah disse: “Não há crítica para aquele que proclama (seguir) o caminho (madhhab) dos Salaf, que se apega e remete a ele. Ao contrário, é obrigatório aceitar isso dele por consenso unânime (ittifāq), pois o caminho dos Salaf é nada menos do que a Verdade (Al-Haqq).” [Majmū‘ Al-Fatāwā, 4:149].

Disse o Mensageiro de Allāh:

"Os judeus dividiram-se em 71 grupos; os cristãos, em 72 grupos; e minha Ummah dividir-se-á em 73 grupos, todos os quais estarão no Fogo (do Inferno), exceto um." Disseram: "Qual deles, ó Mensageiro de Allāh?" Ele disse: "A Jamā‘ah (congregação¹)."


Em outra narração, que explica a anterior, o Mensageiro de Allāh, quando perguntado sobre o Grupo Salvo², respondeu:

"Aquele que adere àquilo que eu e meus Companheiros aderimos."³



--------------------------------------------------------------------------------
Notas:
1 – Relatado por At-Tirmidhi (nº 2641). Hadīth autenticado por Shaykh Al-Albāni em Silsilah Al-Ahādīth As-Sahīhah (nº 1348). [N.T.]

2 – Conhecido em árabe como Al-Firqah An-Nājiyah. [N.T.]

3 – Relatado por Al-Haythami em Majma‘ Az-Zawā’id (1/189). Hadīth autenticado por Shaykh Al- Albāni em Sahīh Al-Jāmi‘ (52/9). [N.T.]

O Profeta disse:

“Em verdade, meus awliyā’ (amigos e aliados) não são as pessoas da tribo de fulano ou de fulano. De fato, meus awliyā’ são al-muttaqūn (aqueles que possuem taqwā¹), onde quer que eles estejam.”

[Relatado por Al-Bukhāri (10/351) e Muslim (215), de ‘Amr Ibn Al-‘Ās.]




--------------------------------------------------------------------------------

Notas:

1 - Taqwā: Talq Ibn Habīb (m. 100H –) disse:

“Quando a fitnah (teste, tribulação) aparecer, extingui-a com taqwā.”

Então lhe perguntaram o que era taqwā, e ele respondeu:

“Taqwā é obedecer Allāh – (sendo guiado) com uma luz de Allāh – esperando a Misericórdia de Allāh. E taqwā é abandonar os atos de desobediência a Allāh – (sendo guiado) com uma luz de Allāh – por temor a Allāh.”

(Relatado por Ibn Al-Mubārak em Kitāb Az-Zuhd (p.473) e Ibn Abī Shaybah em Kitāb Al-Īmān (nº99)). [N.T.]

Editorial Al-Islam.ws