23 de mai de 2008

Namoro no islam ? não existe

Assalamo Aleikum wa ramathula wa barakathu irmãos e irmãs boa noite visitantes .

Namoro no Islam???
Irmãs, eu sempre vejo muitas de nós dizendo que têm namorados e tudo mais.

Uma das perguntas mais comuns que os jovens me fazem é: "Os muçulmanos namoram?" e "Se eles não namoram, como podem decidir com quem se casar?"

O "namoro", como é praticado atualmente na maior parte do mundo - onde um rapaz e uma moça mantêm relações íntimas, passam o tempo juntos sem a presença de outros, "conhecem um ao outro" de uma forma mais aprofundada, antes de se decidirem se é a pessoa certa para casar - não existe entre os muçulmanos. No Islam, ao contrário, são proibidas as relações pré-conjugais de qualquer espécie entre pessoas de sexos diferentes. (Beijos, toques, abraços)

A escolha do parceiro para casar é uma das decisões mais importantes que alguém pode tomar na vida. Não pode ser feita precipitadamente nem ser deixada por conta do acaso ou dos hormônios. Deve ser uma decisão séria como qualquer outra decisão importante na vida, com orações, pesquisa cuidadosa e o envolvimento da família.

Portanto, como é que, no mundo de hoje, os jovens fazem? Antes de mais nada, o jovem muçulmano estabelece amizades muito próximas com companheiros do mesmo sexo. Esta fraternidade, feminina ou masculina, que se desenvolve quando eles ainda são jovens, continua pelo resto de suas vidas. Quando um jovem decide casar-se, deve adotar os seguintes passos:

O jovem faz du'a(súplica) para pedir que Deus o ajude a encontrar a pessoa certa.

A família informa-se, discute e sugere pretendentes. Eles se consultam para reduzir as perspectivas em potencial. Normalmente o pai ou a mãe se aproxima da outra família para sugerir um encontro.

O casal concorda com um encontro acompanhado, em ambiente aberto. 'Omar narrou que o Profeta Muhammad (que a paz esteja com ele) disse: "Ninguém deve se encontrar com uma mulher sozinho, a menos que ela esteja acompanhada por um parente (mahram, uma especíe de guardião, qualquer um com quem uma mulher muçulamana NÃO pode casar, como, pai, irmão, etc)" (Bukhari/Muslim). O Profeta (que a paz esteja com ele) também disse: "Sempre que um homem estiver sozinho com uma mulher, Satanás (Shaytan) será a terceira pessoa entre eles." (Tirmizi) Quando os jovens se encontram para se conhecerem, estar sozinhos é uma tentação para a coisa errada. A todo momento, os muçulmanos devem seguir os mandamentos do Alcorão (24:30-31) para "baixar os olhos e guardar a modéstia..."

O Islam reconhece que somos humanos e que temos fraquezas humanas, portanto esta norma nos protege em nosso próprio benefício.

A família pesquisa o futuro candidato - fala com amigos, família, líderes islâmicos, etc., para saber mais a respeito do caráter dele ou dela.

O casal faz salat-il-istikhara (oração para orientação) para pedir a ajuda de Deus na tomada de decisão.

O casal concorda com o casamento. O Islam deu liberdade de escolha tanto para o homem como para a mulher, eles não podem ser forçados a casar se não o quiserem.

O tipo de namoro aqui focalizado, ajuda a assegurar a força do casamento, baseando-se na sabedoria e orientação dos mais velhos da família nesta importante decisão da vida. O envolvimento da família na escolha do futuro cônjuge ajuda a garantir que a opção baseou-se não em conceitos românticos e sim numa avaliação cuidadosa e objetiva das afinidades do casal. Por esta razão, tais casamentos se mostram freqüentemente bem sucedidos.

Resumindo: Caso alguma das irmãs venha a receber propostas de namoro de muçulmanos, é bom ficar atenta, pois, um muslim decente não faz isso. O correto é se conhecer, JUNTO A UM MAHRAM DA MOÇA, pois, ambos não podem ficar sozinhos e chegar a uma conclusão se a pessoa é boa para o casamento então casa-se. Essa é a maneira correta, para não cometermos haram(pecado) e zinah(fornicação), pois, somos humanos e somos muitos fracos e estamos muito propício a esse tipo de coisa. Então esse namoro não existe no Islam.

Assalam Alaikum wr wb irmaos e irmas boa noite visitantes

Por Mariam
Postado por Aminah